Destaque!

Sindicalistas invadem a ALESP, chamam Janaína de “nazista” e ameaçam de morte “Mamãe Falei” (veja o vídeo)

Um espetáculo deprimente ocorreu no plenário da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, nesta quarta-feira (4). Criminosos, trav...


juíza Carolina Lebbos manda lula para presídio comum em São Paulo








Por decisão da juíza Carolina Lebbos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixará possivelmente ainda nesta quarta-feira (7) a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.





Lula será transferido para São Paulo.
Ainda não foi definido em qual presídio o meliante petista ficará preso, pelo menos, tal informação não consta no despacho da magistrada.





É possível que seja para evitar manifestações de militantes petistas. A alegação para a transferência consta no despacho exarado: “tem-se, a cada dia, a contínua e permanente sobrecarga imposta à Polícia Federal, em termos de recursos humanos e financeiros”.


-A defesa chegou a pedir, em caráter subsidiário, que Lula fosse transferido para estabelecimentos compatíveis com Sala de Estado Maior, com a oportunidade de prévia manifestação da Defesa. No entanto, na decisão de hoje, a juíza negou ao ex-presidente Lula o direito a Sala de Estado Maior e determinou sua transferência para estabelecimento a ser definido em São Paulo.

Atualizado; O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá para o presídio de Tremembé 2, no interior de São Paulo, noticia a Crusoé. A decisão foi tomada pelo juiz Paulo de Almeida Sorci, coordenador e corregedor dos presídios do estado, no fim da manhã desta quarta-feira, 7, depois de a transferência de Lula da Superintendência Federal de Curitiba ser determinada mais cedo pela juíza federal Carolina Lebbos.


Os Petistas emitiram uma nota, estão bravos, leia aqui.






Se você não divulgar, a Globo não divulga: Compartilhe em "grupos" e alcance mais pessoas:

Seguir; Aliança pelo Brasil

Seguir no twitter;


"Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem"



Pátria amada Brasil até morrer!
Grupo Público · 50.197 membros
Participar do grupo
Temos total liberdade de apoiarmos a direita encabeçada por Jair Bolsonaro e depois Sergio Moro. junte-se a nós.

As mais lidas do dia..