Postagem em destaque

STF não pode e nem deve soltar Lula por zaps de Moro

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, encaminhou nesta sexta-feira (21) uma manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) na ...

Maia alerta Bolsonaro. Ou se une com o Congresso, ou será o caos





“Vai entrar no colapso de ruptura das relações sociais, afirmou o deputado"




Alerta do presidente da Câmara, Rodrigo Maia: ou o governo e o Congresso constroem uma agenda juntos ou o País caminhará para o “colapso”. A declaração foi data em entrevista ao Estadão, publicada nesta segunda, 3.

“Vai entrar no colapso de ruptura das relações sociais. É nisso que vai chegar”, afirmou o deputado. Segundo ele, o Congresso quer ajudar Bolsonaro, “e o presidente sabe disso”.

Se os poderes caminharem juntos, afirmou Maia, ‘nós salvaremos o Brasil’, e isso virá ‘com a aprovação das reformas’.


O deputado cutucou ‘setores do governo mais ideologizados’, afirmando taxativamente:“Acho que tem de se perguntar o que a direita pensa sobre habitação, saúde, educação. Educação não pode ser o que esse ministro está fazendo. Eu acho que, na área de educação, quem está trazendo a crise para o governo é o ministro (Abraham Weintraub) porque ele primeiro falou de corte, depois, de contingenciamento. Ele chamou as universidades para o conflito e depois falou: “Eu não disse isso, eu disse que era contingenciamento”.


Ainda segundo Maia, o ministro ‘pisou na bola’, pois depois de toda a confusão ‘fez um vídeo, um musical da Disney, no qual ataca a bancada do Rio. Agora, tem rebelião na bancada do Rio. Boa parte vai votar a Previdência com o governo. Atacar a bancada porque botou uma emenda para o museu e a emenda foi contingenciada? Onde estamos?”, questionou.



Siga-nos no twitter

Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Compartilhe Agora