Postagem em destaque

STF não pode e nem deve soltar Lula por zaps de Moro

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, encaminhou nesta sexta-feira (21) uma manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) na ...

Deputado de Bolsonaro protocola "Lei Neymar da Penha"





O deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ), partido do presidente Jair Bolsonaro, protocolou nesta quinta-feira, 06 de junho, na Câmara dos Deputados, projeto de lei que agrava a pena de denunciação caluniosa de crimes contra a dignidade sexual.


Sendo aprovado, a lei vai fazer com que pessoas que fizerem acusações mentirosas sobre crime de estupro, por exemplo, poderão ter a pena aumentada em até um terço. O projeto surgiu após toda polêmica envolvendo o jogador Neymar, pois na sexta-feira, dia 31 de maio, Najila Trindade acusou o jogador de ter estuprado ela em um hotel em Paris, Londres.

Jordy disse que este projeto estava pronto antes mesmo da polêmica envolvendo o jogador Neymar, mas o partido estava priorizando algumas pautas econômicas. Só que com os últimos acontecimentos, a equipe resolveu priorizar este projeto de lei.


Sendo aprovado, a lei vai fazer com que pessoas que fizerem acusações mentirosas sobre crime de estupro, por exemplo, poderão ter a pena aumentada em até um terço. O projeto surgiu após toda polêmica envolvendo o jogador Neymar, pois na sexta-feira, dia 31 de maio, Najila Trindade acusou o jogador de ter estuprado ela em um hotel em Paris, Londres.

Jordy disse que este projeto estava pronto antes mesmo da polêmica envolvendo o jogador Neymar, mas o partido estava priorizando algumas pautas econômicas. Só que com os últimos acontecimentos, a equipe resolveu priorizar este projeto de lei.





Siga-nos no twitter

Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Compartilhe Agora