Postagem em destaque

STF não pode e nem deve soltar Lula por zaps de Moro

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, encaminhou nesta sexta-feira (21) uma manifestação ao Supremo Tribunal Federal (STF) na ...

Sergio Moro tem carta na manga contra o STF, e Bolsonaro poderá impedir os efeitos colaterais de uma decisão do Supremo





julgar crimes comuns ligados ao caixa 2. 
Corrupção e lavagem de dinheiro, entre eles.

CALMA! A LAVA JATO NÃO VAI MORRER! 


Procuradores da Lava Jato se atentaram a um detalhe fundamental para barrar o fim da Lava Jato.

O pacote anticrime de Sergio Moro, que está para ser votado no Congresso, inclui a separação dos crimes para que a Justiça Eleitoral julgue somente crimes eleitorais … ou seja, os demais delitos iriam para as varas criminais e a Operação seguiria ‘firme e forte’.



Através de uma Medida Provisória, o presidente Jair Bolsonaro poderá ‘impedir’ os efeitos colaterais de uma decisão do Supremo.

A MP é um instrumento com força de lei, adotado pelo presidente da República, em casos de relevância e urgência.

Ela produz efeitos imediatos, porém depende de aprovação do Congresso Nacional para transformação definitiva em lei.



Sabe aquela turma do Congresso que foi eleita com o discurso de ‘mudar os rumos do país’ ?

Pois bem … é agora que eles devem entrar em ação e promover uma articulação entre  Moro, Bolsonaro e o Congresso.

Moro deve enviar urgentemente essa MP para o presidente da república. -Vamos ter calma! se depender do Ministro da Justiça "a lava jato não vai morrer".

Você precisa saber disso; Agora, Dias Toffoli, quer que Sergio Moro seja investigado  "Toffoli já ‘mandou’ investigar o procurador Deltan Dallagnol"


Veja agora; Raquel Dodge ataca Dias Toffoli de instaurar inquérito para apurar calúnias contra ministros

E mais; Em protesto contra Raquel Dodge, Procuradores pediram demissão




Siga-nos no twitter

Deixe seu comentário aqui!


  • APÓS COMENTAR, VOLTE PARA CAPA
  • Compartilhe Agora