Rússia está alarmada com conversas vazadas dos EUA de operação militar contra a Venezuela



A Rússia protege a ditadura de Nicolás Maduro.

Diz O Globo:
“O chanceler russo, Sergei Lavrov, afirmou nesta quarta-feira que a Rússia está alarmada com as conversas dos Estados Unidos sobre a possibilidade de algum tipo de opção militar contra a Venezuela. Ele acusou Washington de influenciar a oposição para bloquear negociações com o governo em Caracas.”



A Venezuela é o principal assunto do encontro de hoje entre Jair Bolsonaro e Mauricio Macri.

-Não se esqueçam de que a China também protege aquela ditadura.

Alvaro Dias peita Renan na disputa da presidência do Senado

Alvaro Dias peita Renan na disputa da presidência do Senado

Surge o candidato para bater Renan





Alvaro Dias sonda a possibilidade de partir firmemente para a disputa da presidência do Senado Federal.



Segundo a revista Época, em mensagens enviadas a parlamentares, o senador defende um "Legislativo independente" e em "rejeição a qualquer tentativa de invasão de competência do Judiciário".
Alvaro Dias ainda não se declara explicitamente candidato, mas fala que essas são ideias que ele acredita que devam ser as do próximo presidente do Senado.



O apoio de Jair Bolsonaro ao senador paranaense poderia tranquilamente definir a questão e alijar a pretensão nefasta do coronel alagoano.


Vítima do terrorista Battisti quer vir ao Brasil para agradecer pessoalmente o presidente Bolsonaro

Vítima do terrorista Battisti quer vir ao Brasil para agradecer pessoalmente o presidente Bolsonaro



Alberto Torregiani em 1979 tinha apenas 15 anos quando viu o pai, o joalheiro Pierluigi Torregiani ser assassinado a mando do terrorista Cesare Battisti.
No episódio, levou um tiro e ficou paraplégico.
Desde então, vive a angústia de ver Battisti solto, sem pagar pelos seus crimes.


Tornou-se o principal representante das vítimas e familiares das vítimas da organização extremista de esquerda Proletários Armados pelo Comunismo (PAC), da qual Battisti participava.
Hoje, diante do desfecho do caso, disse em entrevista à Revista Época:


“Admito que não foi nada fácil ‘engolir’ o fato de ver Battisti livre. Foram anos difíceis com altos e baixos. Vivi momentos de euforia quando se falava em uma provável extradição. E depois… frustração. Mas com certeza, esta segunda-feira, dia 14 de janeiro, passa a ser uma data importante na minha vida. E admito; cheguei a pensar que todo o processo levaria dias ou até meses. E aí, em menos de 48 horas tudo foi resolvido. Ainda estou metabolizando.”
Feliz, Torregiani afirma que, se for convidado, quer vir ao Brasil para agradecer pessoalmente o presidente Jair Bolsonaro.


“Agora seria uma excelente oportunidade para visitar o país. E se o presidente Jair Bolsonaro me convidasse, eu iria com grande prazer para agradecê-lo pessoalmente e também ao povo brasileiro.”
Certamente, será convidado.
(Jornal da cidade online)

Ditador Maduro em discurso diz "Bolsonaro é um Hitler e um fantoche de seitas"

Ditador Maduro em discurso diz "Bolsonaro é um Hitler e um fantoche de seitas"



O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta segunda-feira (14) novas medidas econômicas para melhorar a situação do país e voltou a criticar o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL).

Ao anunciar o "Plano da Pátria 2019-2025" na Assembleia Nacional Constituinte, Maduro disse que "os chavistas têm um plano" e dirigiu críticas à Argentina e a Bolsonaro:

"Aqui está o exemplo da Argentina. Eles endividaram-se. E nós temos o Brasil. Bolsonaro é um Hitler dos tempos modernos, ele é um fantoche de seitas", disse Maduro, segundo transcrição da Infobae (link em espanhol). 



O também prometeu aumentar a produção de petróleo para até 5 milhões de barris de petróleo por dia até 2025. Maduro disse que a Venezuela é "uma revolução que multiplica pães e peixes".



Maduro assumiu seu segundo mandato presidencial na semana passada e enfrenta pressão da comunidade internacional. A União Europeia, a Organização dos Estados Americanos (OEA) e o Grupo de Lima não reconhecem a legitimidade de Maduro para ocupar o cargo.



Já o Brasil emitiu uma nota, por meio do Itamaraty, reconhecendo o presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, como presidente do país.


EUA se preparam para desafiar Rússia e China nas águas geladas do Ártico



A Marinha dos EUA tem a intenção de competir com a Rússia e a China pela influência na região ártica devido à aparição de novas rotas comerciais, além de planejar restaurar uma base naval nas ilhas Aleutas, não longe da costa russa, comunica The Wall Street Journal.



O secretário da Marinha dos EUA, Richard Spencer, disse à mídia que nos próximos meses está prevista a passagem de um navio americano pelas águas do Ártico, como parte da chamada operação para garantir a liberdade de navegação. Além disso, a Marinha enviará recursos militares para a ilha Adak (Alasca), uma das ilhas Aleutas, onde existia uma base militar americana entre os anos de 1942 e 1997.



Prevê-se que o novo destacamento a ser deslocado para a ilha incluirá navios de superfície e aviões de reconhecimento P-8 Poseidon.

"Este é um excelente objeto marinho, podemos enviar navios de superfície para lá? Sim, [podemos]", disse Spencer, adicionando que o desenvolvimento de novas operações no Ártico ainda se encontra em suas primeiras etapas.


Segundo o jornal, os EUA e seus aliados utilizam os exercícios navais para garantir a liberdade de navegação por todo o mundo, principalmente nas áreas disputadas, como por exemplo, no mar do sul da China, onde Washington realizou dezenas de manobras para lidar com as reivindicações regionais chinesas.



Quanto à Rússia, o país tem desenvolvido seu potencial para atuar na região do Ártico por um longo tempo. Já a China, que se declarou "Estado quase ártico", publicou uma doutrina para atuar na região, buscando criar uma "Rota da Seda Polar" para que sua frota navegue livremente pela área.



Segundo algumas fontes, é provável que agora a Marinha americana enfrente problemas para implementar seus planos, pois a expansão das operações militares ao extremo norte requer coordenação com a Guarda Costeira — a única que dispõe de um quebra-gelos, enquanto a Rússia possui várias dezenas desses navios e a China está construindo toda uma frota dessas embarcações.



De acordo com Spencer, as Forças Armadas americanas também estão preparando emendas na doutrina oficial de operações no Ártico, que resultarão em uma mudança significativa nos combates de superfície.



Recentemente, a Marinha dos EUA tomou algumas medidas para aumentar sua presença no Ártico, incluindo o restabelecimento em agosto de 2018 da Segunda Frota, destinada a operar no Atlântico Norte, além dos esforços na preparação de marinheiros para operar em temperaturas extremamente frias. Tais exercícios são necessários para compreender melhor se o Exército dos EUA será capaz de operar efetivamente em condições de clima ártico.

governador de PE aliado de lula pede arrego e quer audiência com Bolsonaro



O governador de Pernambuco, enviou um ofício ao Planalto solicitando audiência com o presidente Jair Bolsonaro, registra o painel da Folha.



O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), enviou um ofício ao Planalto solicitando audiência com o presidente. No pedido, destacou do que pretende falar no encontro: a transposição do rio São Francisco, as obras da Transnordestina e a privatização da Chesf.



Embora o recebimento da mensagem tenha sido confirmado pelo Planalto, Câmara ainda não teve qualquer resposta sobre uma data para a reunião.

Ditador Maduro prende deputados da oposição que não reconhecem o seu governo "EUA pressiona pela "restauração da democracia no país"



Na véspera, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse por comunicado que os EUA continuariam a usar todo o peso do poder econômico e diplomático dos EUA para pressionar pela "restauração da democracia na Venezuela".



O líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, e outros deputados teriam sido detidos pelos agentes de inteligência do país, dois dias depois, por não aceitar o ditador como presidente da Venezuela.



"Alerte o mundo e o país que hoje # 13ENE, um comando do SEBIN [Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional], interceptou o presidente da Assembleia Nacional da Venezuela @jguaido e não sabemos o paradeiro dele", diz uma mensagem na conta oficial do Guaidó no Twitter.



No início desta semana, o presidente venezuelano Nicolas Maduro foi empossado para um segundo mandato presidencial para o período de 2019 até 2025. Maduro enfrentou críticas de vários Estados após sua reeleição em maio. Países integrantes do chamado Grupo de Lima alegam que a votação era ilegítima, algo veementemente negado por Caracas. Em resposta, chanceleres integrantes do grupo anunciaram que não vão reconhecer a legitimidade de Maduro no poder.







Gleisi, imita Ricardo Lewandowski, chama PF para passageiro (vídeo)

Gleisi, imita Ricardo Lewandowski, chama PF para passageiro (vídeo)



A deputada Gleisi (PT) imitou o ministro do STF Ricardo Lewandowski em um episódio parecido quando o ministro chamou a PF para um passageiro que disse, "o STF é uma vergonha". 



A petista ao ser questionada por um passageiro, que perguntou se ela estar usando o dinheiro [.....] que ela usa também para comprar passagem, o passageiro alegou que está em todas as revistas.



Neste momento, Gleisi, se irrita, pede para chamar o comandante e em seguida a polícia federal.
-A petista precisa com urgência de um tratamento psicológico.

Veja;






Jair Bolsonaro alerta para possível união entre PCC e CV com MST e MTST



O presidente da República, Jair Bolsonaro, alertou no twitter sobre uma possível união entre as facções criminosas PCC e CV com os movimentos de esquerda, não menos criminosos, MST e MTST. 




“Ano passado (em pré-campanha) constatei que algumas torres de transmissão de energia, no estado do Pará, continham em média 200 pneus. O MST ameaçava tocar fogo caso fizessem reintegração de posse naquelas áreas. PCC, CV, …. CASO SE UNAM AO MST, MTST,….. ??????”

Na madrugada deste sábado, criminosos derrubaram uma torre de transmissão em Fortaleza.



Confira:



BOMBA! Ciro Gomes, revela escândalo de R$ 1 bilhão do PT (vídeo)



Ciro Gomes, velho parceiro de Lula, ex-ministro dos governos petistas, mas magoado após o pleito eleitoral, com a sua caracterítica impulsiva, falou demais em recente entrevista ao jornal espanhol El País.



"Campanha pra eles eu não faço mais. Votei no Haddad como cidadão, mas não voto mais nesta burocracia do PT. Não faço campanha com eles nunca mais. De lá pra cá eles se corromperam. Essa é a triste, dura e sofrida realidade. Apodreceram. Tomaram gosto pelas benesses do poder."
Além disso, Ciro revelou um escândalo gravíssimo em que, segundo o ele, Lula e o PT teriam dado 1 bilhão de reais em contratos sem licitação na Petrobras em favor de Eunício Oliveira, atual presidente do Senado.


Com a declaração de Ciro, não é mais necessário realizar delação premiada.
E Eunício, a partir do mês que vem, estará sem mandato e sem foro privilegiado;


(Jornal da cidade online)
Veja o vídeo: